Um peregrino cheio de espanto… Novo blog na área!

Leiam e tenham uma ideia do funcionamento de uma biblioteca de verdade. Para nós brasileiros que estamos acostumados a bibliotecas, mas que na verdade são “arquivos de papel velho”, é uma tentação.

A CASA DE VIDRO.COM

Toronto

toronto1 HD

Royal Art Museum

Caros leitores, o rio sempre-corrente da vida segue carregando minha barcola a peregrinar por novas paragens: por cerca de um ano, estarei às margens do Lago Ontário, em Toronto, encarando pela primeira vez uma experiência “na gringa”. Sair das tórridas temperaturas de Goiânia, onde é verão o ano inteiro, e chegar na friaca congelante do inverno canadense foi uma vivência um tanto chocante, a princípio, quase um ritual de perder o cabaço: meu organismo, acostumado às bermudas, às camisetas e às havaianas, viu-se na necessidade de aderir a um vestuário de eskimó para encarar as nevascas. Os cinco minutos de caminhada até o ponto de ônibus, em dias de clima mais hostil, transformam-se em uma epopéia: com o vento jogando neve na sua cara, e os pés deslizando sobre as crostas de gelo que se formam sobre as calçadas (já tomei um ou dois capotes…), este percurso até o…

Ver o post original 709 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s