Alex Castro

entrevista com o escritor Alex Castro

Voo subterrâneo

Como disse Krishnamurti, filósofo indiano do século passado, não é sinal de saúde estar adaptado a uma sociedade doente. Mas, para os deslocados, as pessoas que não encontram eco dentro dos valores estabelecidos nas esferas da família, religião, sexualidade, trabalho e tantas outras, nem sempre é fácil sentir-se saudável tendo ideias e comportamentos respeitados por poucos. Entretanto, há quem trabalhe para tentar desconstruir as verdades estabelecidas, questionar os valores sociais cristalizadas, dialogar sobre outras formas de convívio e comportamento. São esses os interlocutores das “ovelhas negras”, e entre eles está Alex Castro.

Escritor, Alexandre Moraes de Castro e Silva é carioca, nascido em 1974. Em seus textos, é recorrente a abordagem de temas como feminismo, racismo, identidades de gênero, relacionamentos não monogâmicos, ego, narcisismo. Ele escreve regularmente em seu blog e no Papo de Homem, e como literatura publicou o livro de contos “Onde Perdemos Tudo” e o romance…

Ver o post original 4.574 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s